quinta-feira, 6 de junho de 2013

Abraão


Em Harã vivia um homem muito bom, chamado Abrão. Ele era descendente de Noé. Abrão amava muito a Deus, enquanto a maioria de seus conhecidos adorava vários deuses.


Certo dia o Senhor falou com Abrão: "Deixe sua casa, pegue sua mulher Sarai e seu sobrinho Ló e siga para a terra que Eu lhe mostrarei. Eu te abençoarei grandemente e também a seus descendentes". Abrão obedeceu imediatamente, juntou alguns pertences e todos partiram.


Abrão tinha setenta e cinco anos. Ele, sua esposa Sarai e Ló, filho de seu irmão, seguiram pelo caminho indicado por Deus. O Senhor disse: "Você será o pai de um grande povo". Abrão e Sarai se entreolharam e pensaram - "Como será, se somos velhos e não temos nenhum filho?"


Mas Abrão confiava muito em Deus e sabia que, de algum modo, isso ocorreria. O Senhor lhe deu muitas terras férteis. Em agradecimento, Abrão construiu um altar para adorar a Deus e homenageá-lo. Abrão e Ló tinham muito gado, empregados e posses. Na nova terra havia muitos campos. Mas eram tantos os animais dos dois, que seus servos já brigavam pelo espaço para aloja-los e pela água dos poços para matar-lhes a sede. 


Assim, Abrão percebeu que precisava se separar do sobrinho. Ele disse: "Este país é muito grande. escolha a terra que quiser e ela será sua".


Ló, muito ganancioso, optou pela melhor porção das terras. a que ficava no oriente, perto do rio Jordão. Abrão consentiu e foi viver no ocidente. Em Canaã, a terra prometida.


Logo depois que Ló se instalou nos arredores do Rio Jordão, iniciou uma guerra e ele virou prisioneiro e Abrão levou alguns homens para salvá-lo e lutar contra os inimigos. Vitorioso, Abrão foi aclamado e recebeu muitas riquezas em agradecimento. Assim, Ló e sua família e empregados voltaram a viver em Canaã.


Mas o que Abrão mais queria era um filho. Deus todo poderoso, que tudo sabe, e ciente do seu merecimento, garantiu-lhe um sonho: "Tantas quantas são as estrelas do céu, serão também os seus descendentes". Abrão confiou nessas palavras, mesmo sendo muito idoso.


Naquela época era muito comum um homem ter várias esposas, e aos noventa e nove anos Abrão teve um filho com Agar, sua segunda esposa. O menino recebeu o nome de Ismael, e Deus disse: "Com Sarai você terá um filho chamado Isaque. Você Abrão, será pai de muitas nações. Por isso seu nome será Abraão, de agora em diante e Sarai se chamará Sara".


E assim aconteceu, Abraão e Sara estavam muito agradecidos ao Senhor por ter-lhes dado Isaque. Os anos foram passando e o menino crescia forte e obediente, para a alegria de seus pais.


Mas Deus cuidou de Ismael. Certa vez Ele disse a Abraão:"Farei de Ismael uma grande nação". Então, chegou o dia de Ismael e Agar partirem, ela o criou no deserto, perto do Egito. Ismael cresceu, casou-se, teve muitos filhos e deu início a uma poderosa nação. Onde hoje ficam os países árabes. 


Isaque já era um rapaz, quando Deus resolveu pôr a prova a fé de seu pai, Abraão. O Senhor ordenou: "Leve seu filho ao monte Moriá e sacrifique-o como oferta a mim".


Abraão ficou desesperado, mas obedeceu a ordem divina, pois era imenso o amor e a fidelidade que ele nutria pelo Senhor. Abraão pôs-se a caminho, subindo o monte e levou consigo seu amado filho, alguns servos, jumentos e ferramentas para cortar a lenha. Isaque ajudou o pai a carregar o material, para fazer o altar do sacrifício, como as lenhas e as cordas.


Mas Isaque estranhou não haver uma oferta para Deus. Não levavam consigo qualquer oferenda e chegando ao alto do monte, também não se avistava nenhum cordeiro. Abraão então disse-lhe: "Querido filho, Deus providenciará".


Com o rosto entristecido e segurando as lágrimas, Abraão amarrou o filho sobre o altar rodeado de lenha. Quando estava prestes a matá-lo com uma faca, Deus lhe falou: "Não faça isso, Abraão, você já provou seu grande amor, fé e obediência a mim".


Abraão não se conteve de tanta felicidade. Logo ele e o filho viram um cordeiro por entre os arbustos e o sacrificaram a Deus, em agradecimento por seu gesto de amor incondicional ao Senhor. Abraão ficou conhecido como o pai da fé.


Conheça outros Títulos da Coleção

Anexos



Esse é um produto da...
e pode ser encontrado
nas melhores livrarias!

7 comentários:

  1. Luka... Graça e Paz! Quero agradecer por se tornar uma das mais recentes amigas do blog. Seja muito bem vinda. É uma alegria ter o apoio de pessoas tão especiais. Deus te abençoe!

    ResponderExcluir
  2. Sandra... A Paz do Senhor Jesus! Estou muito alegre em te-la entre os amigos do blog. Seja muito bem vinda. Seu apoio e incentivo é muito importante. Fique com Deus!
    Verifiquei no seu perfil e não encontrei se vc tem uma página, caso tenha me mande o endereço para eu visitar.

    ResponderExcluir
  3. Érica... Graça e Paz de Cristo. Quero agradecer por estar seguindo o blog. Seja muito bem vinda. O apoio e carinho de pessoas especiais como vc nos motiva. Deus te abençoe e guarde!
    Verifiquei o seu perfil e não encontrei se vc tem uma página, caso tenha me mande o endereço para eu visitar.

    ResponderExcluir
  4. Kellen... Graça e Paz! Quero agradecer por estar seguindo e se tornando amiga do blog 'Apascentar os Pequeninos.Para mim é uma honra ter o apoio de pessoas tão especiais. Seja muito bem vinda. Quero ainda parabeniza-la pelo site e por tanta dedicação. Conte com meu apoio também.
    Quanto a postagem muito interessante, é uma maneira muito legal e útil, o destino dado a tantas garrafas pet. Ainda ensina reciclar ou reaproveitar. Fique com Deus!

    ResponderExcluir
  5. Eliza...Estou muito agradecido por se tornar seguidora e amiga do blog. Seja muito bem vinda. É uma honra ter seu apoio. Verifiquei seu perfil e não encontrei se vc tem uma página, caso tenha me comunique para eu poder visita-la. Fique com Deus!

    ResponderExcluir
  6. Linda história de Abrão, uma das mais bela da Bíblia o homem chamado por Deus para ser pai de uma grande nação. Desejo um dia abençoado na presença do Senhor Jesus.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A lição de Abraão é o marco da chamada de Deus e sua escolha. É impossível não transmitir as crianças esse início, e o quanto Deus vela pela sua palavra e promessas.

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...