Tradutor

sábado, 15 de novembro de 2014

Parábola do Semeador



Esse vídeo compõe a biblioteca de  materiais
e recursos evangelísticos do site Max7.

quarta-feira, 5 de novembro de 2014

O Lenhador e a Raposa



Esse é um curta metragem de André Gonzaga.
Acesse aqui o seu canal!


Era uma vez um lenhador que acordava bem cedinho, aos primeiros raios do sol. Trabalhava o dia inteiro, cortando lenha, e só parava no fim da tarde. Ele tinha uma bela filha pequena e uma raposa, sua amiga, a qual tratava como bicho de estimação e era de sua total confiança. Todos os dias o lenhador saia para trabalhar e deixava a raposa brincando com sua filhinha.

Todas as noites, ao retornar do trabalho, a raposa ficava feliz com sua chegada. Os vizinhos do lenhador, porém, alertavam-no e diziam-lhe que a raposa era um bicho, um animal selvagem e, portanto, não era digna de confiança. O lenhador, sempre retrucando com os vizinhos, falava que isso era uma grande bobagem, que a raposa era sua amiga e jamais faria isso. Os vizinhos insistiam:

- Lenhador, abra os olhos! A raposa vai devorar sua filhinha. Quando sentir fome, comerá a criança.

Um dia, o lenhador exausto por causa do serviço pesado, ao chegar a casa viu a raposa, abanando a cauda, feliz como sempre, saindo do quarto da criança e, ao lado da porta, um rastro de sangue. O animal tinha a boca totalmente ensanguentada. O lenhador tremeu, suou frio e, sem pensar duas vezes, acertou uma machadada na cabeça da raposa.

Ao entrar no quarto, desesperado, encontrou sua filhinha no berço, dormindo tranquilamente e, ao lado do berço, uma cobra gigante já morta. O lenhador enterrou o machado e a raposa juntos. E chorou. Chorou. Chorou muito.

Conclusão:
Cuidado com as conversações, julgamento
e a precipitação em tomar decisões!

quarta-feira, 29 de outubro de 2014

O Templo de Deus

A partir dessa lição teremos dois novos marcadores, que são: CONCEITOS e DOUTRINAS. Neles abordaremos assuntos específicos aos dogmas e crenças  cristãs. Podendo estar relacionado a uma lição - história Bíblica, ou não. O assunto poderá estar focado em um versículo ou assunto tema. Para iniciar gostaria de trabalhar o ensino do conceito, TEMPLO DE DEUS.

Texto: "Não sabeis vós que sois templo de Deus, e que o Espírito de Deus habita em vós? Se alguém destruir o templo de Deus, Deus o destruirá; porque o templo de Deus, que sois vós é santo" (1 Co 3.16, 17).

Desde o antigo testamento o Senhor se manifestava ao homem em ambiente diversos. No Jardim do Éden - para Adão e Eva. Ao relento - para Abraão, na sarça - para Moisés. Mas foi então a Moisés que Deus estabeleceu um lugar e um meio para se comunicar a humanidade. O Tabernáculo.


O TABERNÁCULO, era uma cabana ou tenda portátil. Isso ocorria porque o povo mudava-se todas as vezes que se faziam necessárias melhores condições de vida. O tabernáculo era desmontado e montado no lugar onde seriam a nova residência.


Ele existiu no período do Êxodo até o Rei Davi, era divido em três  partes: Átrio, Santo lugar e o Santo dos Santos, e tinha alguns utensílios: altar do holocausto e bacia no átrio; altar do incenso, mesa dos pães, castiçal no Lugar Santo; e finalmente a Arca da Aliança no Santo dos Santos.


O ministrante ou mediador era o sacerdote,
e os zeladores os levitas.


O TEMPLO, surgiu com o sentimento do Rei Davi em honrar a Deus com uma construção de alvenaria, rica e imponente. Infelizmente isso não foi possível para o Rei Davi, por causa do seu pecado,  esse sonho só foi consolidado através do seu filho Salomão.

Essa construção arquitetônica teve um alto custo, mas foi de comum acordo com o povo a sua construção, fazendo com todos se envolvessem com suas ofertas e doações! 

No novo testamento, no entanto vemos uma nova prática. Deus é adorado em Espírito e em Verdade, essa foi a fala de Jesus a mulher samaritana (Ensine a lição). Agora pelo apóstolo Paulo, temos a orientação de que nós (pessoas) somos o Santuário de Deus!

E é dessa habitação que devemos zelar. Internamente e externamente. Ninguém gostaria de morar em uma casa suja e cheia de insetos. Assim também Deus espera de nós santidade (limpeza). O que devemos fazer para manter esse santuário limpo? Orar, louvar, ler a Bíblia, ir a igreja, se afastar daquilo que desagrada a Deus!

Anexos





Obs. Encontrei no blog da Tia Ju
sugestões para também abordar esse tema.

João 16.23





Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...