quarta-feira, 28 de dezembro de 2011

A Mulher Adúltera







A passagem Bíblica que narra o encontro de Jesus com a mulher adúltera, já se inicia de maneira revolucionária: "Jesus, assentando-se, ensinava no templo" (Jo 8:2). Ele se assentava em qualquer parapeito, degrau, calçada, barco, aonde fosse e ministrava a Palavra. Enquanto isso, os fariseus disputavam o púlpito e as melhores cadeiras nas sinagogas. 

Ele havia acabado de ensinar aos discípulos, estava saindo do templo e enquanto se dirige para casa, um motim se forma em Sua direção. Dezenas de homens carregam uma mulher segurando-a fortemente nos braços. Empurram, agridem verbalmente. Ela, com as vestes rasgadas, os cabelos assanhados, chora, soluça implora piedade. Teria sido a mulher, vitima de armação? Onde estaria o homem que adulterou com ela? Por que omitiam parte da lei de Moisés que previa apedrejamento para o casal? 

"Também o homem que adulterar com a mulher do outro havendo adulterado com a mulher de seu próximo, certamente morrerá o adúltero e a adúltera" Lv 20:10 

A intenção não era fazer justiça, mas punir Jesus, a mulher era uma espécie de "isca": "Na lei nos mandou Moisés que as tais sejam apedrejadas, Tu, pois, que dizes"? Jo 8:5. Enquanto os homens seguram pedras nas mãos, bradam por morte, Jesus se inclina para escrever na terra. Eles ficam surpresos com a atitude de Jesus. Movimentam a cabeça em dúvida enquanto olhares procuram resposta: "O que Ele está fazendo"?! Penso que o gesto de Jesus foi uma forma de dizimar a ira, calar os insultos, as muitas vozes. Jesus se inclina e eles silenciam, soltam à mulher, que em suspense aguarda o desfecho. 

"Ele escrevia com o dedo na terra" Jo 8:6 

Não haviam muitas pedras no lugar, O Mestre se agacha e espalha com as mãos o pó das pedras, a areia. Representantes da Lei ajuntam pedras. Jesus representante da graça se interessa pelo pó delas. Eles, a morte. Jesus, a Vida: “E formou Deus o homem do Pó da terra" (Gn 2:7). Nas mãos do carpinteiro, o pó da terra é moldado. 

Jesus inaugura um novo tempo em que às pedras testificariam do Seu poder: "Digo-vos que, se estes se calarem, as próprias pedras clamarão" Lc 19:40 

"Vós também, como pedras vivas, sois edificados
casa espiritual e sacerdócio santo, para
oferecer sacrifícios espirituais, agradáveis
a Deus, por Jesus Cristo." IPe 2.5 

Ao se agachar em meio à turba Jesus nos dá uma lição: "Seja um pacificador". Aquele motim de homens enfurecidos não contamina o coração de Jesus. Já não se ouve o som das muitas vozes, uns poucos homens perguntam simultaneamente: "Dize o que devemos fazer"? "Jesus endireita-se e diz: "Aquele que de entre vós está sem pecado seja o primeiro que atire pedra contra ela e tornando a inclinar-se escrevia na terra" Jo 8:7-8 

Jesus escreve na terra de costas para eles. A segunda agachada de Jesus, mais uma vez transforma a situação. Obriga-os a refletir: "Saíram um a um a começar pelos mais velhos." Envergonhados, feridos na consciência, soltam as pedras ao chão. A graça não veio para condenar, mas para salvar: "Nem eu também te condeno; vai-te e não peques mais" Jo 8:11. A mulher profundamente agradecida sai correndo pelas ruas segurando suas vestes rasgadas. 

A notícia deve ter se espalhado em Jerusalém, chegado aos ouvidos de seu marido. A Bíblia não menciona o que aconteceu com o casamento daquela mulher, mas vejo seu esposo "soltando as pedras", abraçando-a, perdoando-a. Assim creio porque Deus começou uma obra na vida dela e deve ter amparado-a em sua família. 

Existem muitas lições nessa maravilhosa passagem das Escrituras, não me atrevo a enumera-las. Apenas oro para que o Espírito Santo fale aos corações revelando os mistérios da graça. Soli Deo Glória.

Baseado em João 8:1-11. 

Wilma Rejane 

6 comentários:

  1. Existen personas en nuestras vidas que nos hacen felices
    por la simple casualidad de haberse cruzado en nuestro camino.
    Algunas recorren el camino a nuestro lado, viendo muchas lunas pasar,
    mas otras apenas vemos entre un paso y otro.
    A todas las llamamos amigos y hay muchas clases de ellos.

    Tal vez cada hoja de un árbol caracteriza uno de nuestros amigos.
    El primero que nace del brote es nuestro amigo papá y nuestra amiga mamá,
    que nos muestra lo que es la vida.
    Después vienen los amigos hermanos,
    con quienes dividimos nuestro espacio para que puedan florecer como nosotros.
    Pasamos a conocer a toda la familia de hojas a quienes respetamos y deseamos el bien.

    Mas el destino nos presenta a otros amigos,
    los cuales no sabíamos que irían a cruzarse en nuestro camino.
    A muchos de ellos los denominamos amigos del alma, de corazón.
    Son sinceros, son verdaderos.
    Saben cuando no estamos bien, saben lo que nos hace feliz.

    Y a veces uno de esos amigos del alma estalla en nuestro corazón
    y entonces es llamado un amigo enamorado.
    Ese da brillo a nuestros ojos, música a nuestros labios, saltos a nuestros pies.
    Mas también hay de aquellos amigos por un tiempo,
    tal vez unas vacaciones o unos días o unas horas.
    Ellos acostumbran a colocar muchas sonrisas en nuestro rostro,
    durante el tiempo que estamos cerca.

    Hablando de cerca, no podemos olvidar a amigos distantes,
    aquellos que están en la punta de las ramas
    y que cuando el viento sopla siempre aparecen entre una hoja y otra.
    El tiempo pasa, el verano se va, el otoño se aproxima y perdemos algunas de nuestras hojas,
    algunas nacen en otro verano y otras permanecen por muchas estaciones.
    Pero lo que nos deja más felices es que las que cayeron continúan cerca,
    alimentando nuestra raíz con alegría.
    Son recuerdos de momentos maravillosos de cuando se cruzaron en nuestro camino.

    Te deseo, hoja de mi árbol, paz, amor, salud, suerte y prosperidad.
    Simplemente porque cada persona que pasa en nuestra vida es única.
    Siempre deja un poco de sí y se lleva un poco de nosotros.

    Habrá los que se llevarán mucho,
    pero no habrán de los que no nos dejarán nada.
    Esta es la mayor responsabilidad de nuestra vida
    y la prueba evidente de que dos almas no se encuentran por casualidad.

    Feliz 2012 mi querida amigo
    Besitos Victoria

    ResponderExcluir
  2. Victoria...Me gustaría que el creador de este sitio y todos los que visitan a Jesús un feliz 2012! Este es un momento de fiesta de la comunión y el intercambio de regalos. La llegada de un nuevo año ... y con él se crea expectativas de cambio, y los logros alcanzados feliz. Pero el mismo día, nada puede cambiar la vida de alguien! Astros, colores, credos, en fin, tampoco. La gran diferencia que puede ocurrir en nuestras vidas es cuando nos decidimos a pasar, escuchar, guardar y hacer lo que Dios dice. Se puede hacer algo nuevo en nuestras vidas y nos puede llevar más allá, aún más lo que podemos imaginar. Sólo Él puede tomar el dolor y la angustia en el alma. Él nos ve en el interior, nuestro corazón, nuestra ansiedad, así como nuestras frustraciones! Pero hay un secreto, Él nos ama y quiere cuidar de mí y de usted. Atrévete a cambiar y la confianza en su amor y cuidado. Seguro que no te arrepentirás! Recuerde ... "Las aves del cielo no siembran, ni siegan, sin hambre y necesidad, porque Dios se apodera!" No deje que la ansiedad y los ideales egoístas se hará cargo de usted y de control de tu vida, deja que Dios te llevará a lo que él quiere! "El viento sopla donde quuer, nadie sabe de dónde viene ni a dónde va "...! Él sabe lo que es mejor para nosotros. Cofie y confían en él. Una vez que Pedro trató de pescar toda la noche y nada. Al llegar a Jesús, seguido por una multitud, después de predicar un gran sermón dice: Peter-arroja la red ...! Pedro haya sido reticente - Soy un pescador! ¿Quién es este hombre? Él piensa que es lo que? Noche y día perdido ahora ... - Pero Peter de mala gana se detiene y lanza la red, que vinieron y llenaron llena de peces grandes! Deja que Dios te sorprenderá!

    ResponderExcluir
  3. querido amigo quero lhe agradece pelo lindo comentário em mensagem que me enviou ao blog confesso que chorei e senti Deus falar comigo. estou passando para lhe agradecer por sua amizade e compreensão por todas as palavras que vc me enviou e veio ao meu encontro na hr certa querido amigo desejo a vc um 2012 cheio das bençãos do senhor pra vc e os seus e gostaria de te convidar pra dar uma passadinha lá no meu outro blog ok tem selinho lá pra vc bjsss
    feliz ano novo
    http://soucristaoesirvoajesus.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. Nesse início de ano todos desejam coisas boas e isso é bom, nós também desejamos a todos paz e saúde, mas sabemos que em 2012 haverá tempestades e junto com ela a fé para acalma-la e aquietar os ventos, temos a certeza que haverá obstáculos, mas não nos faltará forças para vence-los, e se vier enfermidades usaremos o poderoso nome de Jesus para repreende-la, e se por algum acaso tivermos algumas pequenas derrotas, lutaremos para transforma-la em grandes vitórias......a todos os amigos deixamos as palavras do apóstolo Paulo à igreja de Filipos. "....Filipenses 4:10-13 Ora, muito me regozijei no Senhor por finalmente reviver a vossa lembrança de mim; pois já vos tínheis lembrado, mas não tínheis tido oportunidade. Não digo isto como por necessidade, porque já aprendi a contentar-me com o que tenho. Sei estar abatido, e sei também ter abundância; em toda a maneira, e em todas as coisas estou instruído, tanto a ter fartura, como a ter fome; tanto a ter abundância, como a padecer necessidade. Posso todas as coisas em Cristo que me fortalece..."

    ResponderExcluir
  5. Elisângela... as palavras são a força que podemos oferecer, considerando a nossa impotência, com elas podemos abençoar, então quero auxilia-la dessa maneira. Dando força pelas palavras. Deus que me inspirou no dia em que as escrevi, a inspiração é dEle, por certo estava vendo lá dentro do coração. E mandou eu falar isso! Somos vasos! Deus te abençoe

    ResponderExcluir
  6. Pequenos Davis... Obrigado! É verdade, estamos sujeito a tudo! Mas sem Cristo podemos nos perder, mas nEle podemos vencer! O vencer consiste as vezes em ter PAZ conosco mesmo. A resposta que esperamos pode ser NÃO, mas nos aquietamos, porque Deus sabe o que nos é melhor. Ele quer o nosso bem e nisso consiste inclusive em não nos dar o que pedimos! Fica com Deus!

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...